“Compre 2 produtos e ganhe 1 grátis”: isso equivale a 50% de desconto?

A matemática pode nos pregar algumas peças. E isso é muito usado pelos vendedores que aplicam estratégias sutis para você ter a impressão de estar fazendo um ótimo negócio. Se você recebeu um panfleto de uma loja que anunciava uma excelente promoção: “Pague por 2 unidades de certo produto e ganhe 1 unidade adicional de graça!”.

Qual seria o desconto?

O que pensamos: “pague 2 e leve 1 de graça”, ganhando 50%!
Esta realmente é a impressão que a muitas pessoas terão, afinal a unidade adicional de graça representa 50% das 2 unidades pagas.
Mas e se a promoção fosse escrita da seguinte maneira: “Leve 3 e pague somente 2 unidades”. Neste caso, o desconto parece menor, certo? Afinal, você estará pagando 2/3 dos produtos, ou cerca de 66%. Ou seja, o desconto é de cerca de 33%.
Mas a verdade é que as duas promoções são exatamente iguais! Mesmo no 1º caso (pague 2 e leve 1 de graça), você estará pagando 2 unidades e levando 3.

Base de cálculo.

A questão aqui é a base que é utilizada para o cálculo do percentual de desconto.

O 1º caso (Pague 2 e leve 1 de graça) dá ênfase no “Pague 2”. Assim, a base de cálculo que geralmente consideramos são as 2 unidades. Assim, a unidade grátis representa 1/2 ou 50%.

No 2º caso (Leve 3 e pague 2), a ênfase é no “Leve 3”, e a base de cálculo considerada acaba sendo 3, que é maior que o caso anterior. Ou seja, neste caso o desconto é menor, 1/3 ou cerca de 33%.

Bem, do ponto de vista estritamente matemático, ambos os cálculos estão corretos. Mas na prática, a opção mais próxima da realidade seria o desconto de 33%. Afinal, você iria pagar pelas 3 unidades, mas teve um desconto de 1 unidade.

Fonte: Minhas Economias