anote

Você pode usar o meio que preferir para anotar os seus gastos e ganhos por mês, como um caderno, aplicativos de celular ou uma planilha eletrônica.
O importante é anotar tudo e dividir em categorias, por exemplo: supermercado, restaurante, escola dos filhos, faculdade, plano de saúde, combustível do carro e etc. Do mesmo jeito com suas receitas, por exemplo: salário, renda de investimentos, aluguel de imóveis, pensão e etc.
Separe as despesas em fixas e variáveis, ou seja, aquelas contas que não tem como fugir e as compras que você pode escolher fazer ou não, sem afetar a sua qualidade de vida.
Com suas despesas anotadas, chegou a hora de identificar os maiores gastos e os supérfluos. Muitas vezes eles serão encontrados dentro da sua casa, como a conta de luz e de telefone.
Para economizar na energia elétrica você pode tomar uma ducha mais rápida, evitar deixar as luzes acesas em ambientes onde não há ninguém e desligar os aparelhos que ficam em stand-by, por exemplo. A televisão ou o videogame quando desligam e continuam com uma luz acesa, já viu? Remova-os da tomada.
E na conta de telefone consegue-se, em muitos casos, renegociar o valor do pacote de internet ou minutos.
Fonte: Dinheirama